Apesar de muito comum em gatos, também é importante verificar os sintomas de insuficiência renal crônica nos cães, disfunção caracterizada pela incapacidade dos rins de exercerem as funções fisiológicas do órgão.

A Insuficiência Renal (IR) é uma doença grave que acomete, com frequência, cães e gatos de todas as idades. 

É caracterizada pela perda da função dos rins podendo ser aguda ou crônica. Muitos animais têm a doença e ficam assintomáticos por anos, mesmo apresentando algumas crises no decorrer da vida. Infelizmente, muitos não conseguem reverter o quadro e são levados a óbito.

Apesar de problemas urinários serem mais comuns em gatos, também podem ocorrer em cães, porém com menor frequência. As estatísticas mostram que 1 em cada 3 gatos e 1 a cada 10 cães irão sofrer de DCR ao longo da vida. As chances de desenvolver problemas renais dobra entre 9 e 10 anos de idade. Por isso recomenda-se que todos os animais, a partir dos 7 anos ou mais, façam uma “avaliação da terceira idade” no check-up anual para diagnosticar problemas renais.

O que é a insuficiência renal crônica?

Afinal, você sabe o que é a insuficiência renal aguda em cães? Será que essa doença tem cura

Antes, vamos descrever a função dos rins. Esses órgãos estão entre os mais importantes para o bom funcionamento do organismo. Em linhas gerais, são filtros que limpam o sangue e removem as impurezas por meio da urina. 

Além disso, os rins mantêm os nutrientes no corpo, regulam a temperatura interna e produzem hormônios. Ou seja, cumprem papel fundamental para a boa saúde do animal.

A insuficiência renal crônica em cachorro ocorre quando os rins do bichinho não conseguem executar essas atividades básicas para o bom funcionamento de seu organismo. Isso significa que perdem a capacidade de filtrar o sangue e de poupar água.

Isso causa diversos problemas para a saúde do pet. Assim, ao notar sintomas de insuficiência renal crônica em seu animal, um veterinário deve ser procurado imediatamente.

Principais causas

São várias as causas possíveis para a insuficiência renal crônica. Pode ser que o cão ou gato adoeçam por questões genéticas, como consequência de outros problemas de saúde ou, ainda, pela idade avançada, já que o quadro é comum em idosos. 

Alguns dos principais causadores da doença são: 

Sintomas

Como o rim é um órgão importante e com muitas funções, os desdobramentos da doença renal em cachorro podem variar de acordo com o pet e o estágio da doença. Podem aparecer desde pequenas alterações no comportamento do cachorro até condições graves de saúde. Os principais sintomas são:

Vale ressaltar que esses sintomas não são exclusivos da insuficiência renal. Ou seja, para chegar a um diagnóstico, é fundamental que o pet passe por exames específicos e acompanhamento com um veterinário para identificar a origem do problema.

Diagnóstico e tratamento

Assim que perceber alterações no comportamento do seu pet, procure o médico veterinário. Não espere, pois o quadro pode se agravar rapidamente! Além do exame de urina, é provável que seja realizado também um exame de sangue e exames de imagem, como uma ultrassonografia abdominal. 

Depois do diagnóstico, o tratamento deve ser iniciado o quanto antes. O que vai compor esse tratamento varia de caso para caso, mas frequentemente inclui mudanças na alimentação e uso de medicamentos, por isso é importante o acompanhamento veterinário.